Atlético Mineiro vence o América, e é tetracampeão mineiro, em 2023

Publicada em


Crédito: Pedro Souza / Galo
  • Artilheiro Hulk fez os dois gols da partida

 

 

É Tetra!!!! Em domingo de muita festa para a Massa Atleticana, o Galo se sagrou tetracampeão mineiro ao vencer o América mais uma vez, pelo placar de 2 a 0, no Mineirão. O Gigante da Pampulha acompanhou mais uma grande festa alvinegra, com mais de 55 mil torcedores.

 

A hegemonia do Atlético em Minas foi garantida com dois gols de Hulk. O camisa 7 abriu o placar aos 26 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti sofrido por Igor Gomes; e ampliou aos 25 da etapa final, completando cruzamento de Zaracho pela direita. Com os dois gols, Hulk se tornou artilheiro do Estadual, com 11 gols.

 

O último tetracampeonato estadual em Minas Gerais foi conquistado pelo próprio Atlético, em 1981, sequência que chegou ao hexacampeonato.

 

Confira os melhores momentos da decisão na Galo TV:

O Tetracampeão Mineiro volta a campo nesta quarta-feira (12) para enfrentar o Brasil de Pelotas-RS, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. A partida será realizada às 21h30, novamente no Gigante da Pampulha.




 

Em vantagem na decisão, uma vez que fez a melhor campanha da primeira fase e venceu o jogo de ida por 3 a 2, no Independência, o Galo ampliou a vantagem ainda no primeiro tempo. Aos 24 minutos, Igor Gomes foi empurrado por Arthur na grande área e, após consulta ao VAR, o árbitro assinalou a penalidade que foi convertida por Hulk: Galo 1 x 0.

 

Ainda na etapa inicial, o Atlético ainda teve chance de aumentar a vantagem com Paulinho, que recebeu passe de Hulk na grande área e finalizou para a defesa do goleiro Matheus Cavichioli.

 

O Galo ficou com um jogador a menos desde os três minutos do segundo tempo, depois da expulsão de Otávio. Pouco antes, Paulinho quase marcou em desvio de cabeça após cruzamento de Hulk pela direita, mas o goleiro americano conseguiu fazer a defesa no canto esquerdo.

 

Depois do cartão vermelho, o técnico Eduardo Coudet precisou recompor a equipe e promoveu a entrada do estreante Rodrigo Battaglia, no lugar de Igor Gomes. O adversário levou perigo aos 13 minutos, em cabeceio de Mastriani, no travessão.

 

Aos 17 minutos, mais uma alteração na equipe atleticana: Pavon deixou o campo para a entrada de Patrick. Em seguida, já com chuva forte caindo no Mineirão, foi a vez de Paulinho dar lugar a Edenilson.

 

Aos 25, Hulk balançou a rede mais uma vez, agora completando cruzamento de Zaracho pela direita, em contra-ataque iniciado por Edenilson. Everson ainda defendeu pênalti cobrado por Wellington Paulista, aos 41 minutos, completando a festa nas arquibancadas.

 

ÁLBUM DE FOTOS DA PARTIDA

Clik na fotos para ver mais

ATLÉTICO X AMÉRICA 09.04.2023 CAMPEONATO MINEIRO