Suspeito de ter atropelado criança indígena se apresenta na Unisp de Jaru

Publicada em


O atropelamento aconteceu no ultimo dia 08 de novembro.
Apresentação acontece no dia em que a criança saiu do hospital.

A Polícia Militar de Jaru (RO) há 290 km da capital, registrou um atropelamento de uma indígena da etnia Uru-Eu-Wau-Wau, de apenas 04 anos de idade, na frente do Supermercado Taimax, centro da cidade, no ultimo dia 08 de novembro, envolvendo uma motocicleta da marca Honda, modelo Bros, de cor preta. O responsável pelo atropelamento fugiu, sem prestar socorro e a menino foi encaminhada para a capital, devido a gravidade dos ferimentos.

Com informações de testemunhas e imagens de vídeo feitas por câmeras de monitoramento, policiais civis conseguiram chegar ao suspeito que procurou a Unisp acompanhado de um advogado, nesta quinta, dia 14 de novembro. Ele foi liberado assim que foi ouvido pelo delegado.

No dia do acidente, a Polícia Militar encontrou a criança no colo da avó que contou aos PMS que a menino saiu de um comércio e foi correndo para o meio da rua, momento em que a motocicleta colidiu com a vítima e o condutor não prestou socorro, fugindo pela rua Marechal Rondon, no sentido Setor-07.

Conforme informações, ao saber que havia imagens suas e, a Polícia Civil a sua procura o suspeito teria em companhia de um advogado, buscado se apresentar a Unisp.

Jornal Eletrônico PortalP1