Mulher é encontrada morta dependurada por corda no pescoço em tuia, na zona rural de Jaru, RO

Publicada em


Marido disse para a polícia que saiu para trabalhar e ao retornar, encontrou a mulher morta.

 

Assim que os trabalhos periciais foram realizados, o corpo foi liberado para a Funerária Cristo Redentor.

Uma mulher de 52 anos, que morava na Linha 627, km 1.5, zona rural de Jaru (RO), foi encontrada pelo marido morta, dependurada por uma corda no pescoço, próximo da hora do almoço.

O corpo da vítima — mulher — foi encontrado com uma corda enrolada em seu pescoço e conforme a polícia relata no boletim de ocorrência, ao lado do corpo havia também um aparelho de telefone celular e um par de óculos que aparenta ser de grau.

O boletim de ocorrência ainda relata que a vítima morava com o filho e o marido. Ambos estariam trabalhando no momento em que supostamente a mulher cometeu suicídio.
O delegado de Polícia Civil Dr.º Salomão de Matos, esteve no local para acompanhar os procedimentos periciais.

O marido da vítima, contou para a polícia que trabalhava no entorno da residência e estranhou que o rádio não estivesse ligado. Ele entrou na casa e não encontrando a esposa, começou procura-la nos arredores, encontrando a vítima com sinais de enforcamento numa varanda, que fica nos fundos de uma tuia.

O homem acionou a polícia militar que entrou em contato com o Resgate do corpo de bombeiros, mas ao chegarem no local, a vítima não tinha sinais vitais.

Assim que os trabalhos periciais foram realizados, o corpo foi liberado para a Funerária Cristo Redentor. O velório será realizado na Comunidade Santa Marta.

 

 

 

 

Jornal Eletrônico Portal P1