Jaru adere 100% da greve dos Agentes Penitenciários

Publicada em


Em Jaru: Agentes penitenciários aderiram a greve e se posicionaram do lado de fora das penitenciárias, abandonando por tempo indeterminado suas devidas funções.

Jaru, RO – Foto, Whatsapp/Divulgação

 

No último dia (18) de Janeiro, 2019, os Agentes Penitenciários de Rondônia   iniciaram um movimento grevista, tendo como principal motivo o impedimento de um acordo orçamentário que implantaria um plano de carreira e realinhamento nos salários, além do cumprimento da recomendação de que haja um agente para cada cinco presos nas unidades prisionais, imposição essa imposta pelo Coronel Marcos Rocha (PSL), atual Governador.

O Município de Jaru teve 100% de adesão à greve que ainda continua por tempo indeterminado. .As unidades penitenciárias de Jaru contam com 37 agentes e 301 presos, as visitas ainda continuam ainda que de maneira cautelosa, quem controla tudo são os Pm e agentes de confiança do governo, porém, todos os agentes concursados se encontram do lado de fora das penitenciárias.

Em Ariquemes:

Ariquemes, RO -Foto:Whatsapp/Divulgação

 

Vale ressaltar que o último Concurso realizado pelo Estado de RO para contratação de Agentes penitenciários, aconteceu em 2010.

A população de Jaru se vê em situação preocupante, já que com a greve, quem veem cuidando das penitenciárias são os Policiais Militares, comprometendo assim o patrulhamento da cidade já que os mesmos encontram-se divididos em funções  distintas. Rumores apontam que a Policia Civil também pode entrar em greve agravando a situação dos Jaruenses, na questão segurança.

Da Redação PortalP1

Presídio de Jaru, RO – Foto:Portalp1