Alergia alimentar em crianças com até cinco anos, pode ter leite como fator principal

Publicada em


Muito comum no cardápio dos pequenos, o leite de vaca é o alimento que mais gera alergia em crianças menores de 5 anos, segundo uma pesquisa feita nos Estados Unidos.

A alergia ao leite pode causar coceiras, manchas avermelhadas e dor de cabeça

 

O trabalho foi realizado por cientistas da Universidade Northwestern e apresentado no encontro anual do American College of Allergy, Asthma and Immunology (ACAAI).

O estudo, que ouviu mais de 53 mil pais, revela que a alergia ao leite é mais comum nos primeiros anos de vida e diminui consideravelmente conforme a criança cresce:

 

Até 1 ano, 53% tem o problema;

De 1 a 2 anos, 41%;

De 3 a 5 anos, 34%;

E de 11 a 17 anos, 15%.

Os cientistas ressaltam que nenhum alimento deve ser retirado do cardápio das crianças por suspeita de alergia sem orientação médica. Também explicam que os números do estudo só servem de alerta e não são tão precisos, pois os casos de alergia foram identificados pelos pais e não por um exame.

Muitas vezes, existe uma confusão e a criança tem apenas uma intolerância ao leite e não alergia, por isso o problema deve ser confirmado por um especialista.

“Qualquer alergia alimentar tem um grande impacto em uma casa, incluindo maior custo com a comida e qualidade de vida. A criança com o problema precisa receber conselhos sobre como evitar o leite sem cortar desnecessariamente alimentos, para não deixar de ingerir nutrientes importantes”, Ruchi Gupta, um dos autores do trabalho.

 

Qual a diferença entre alergia e intolerância?

As alergias alimentares ocorrem devido a uma reação do sistema imunológico contra proteínas presentes nos alimentos. É como se o corpo visse a comida, a reconhecesse como inimiga e “partisse para a briga”.

Entre as reações mais comuns estão coceiras, dor de cabeça, manchas vermelhas, inchaços nos olhos e boca, diarreia e vômitos imediatos. Em casos mais graves, a pessoa pode sofrer uma edema de glote, inchaço que impede a respiração.

Já a intolerância acontece quando o organismo tem dificuldade de processar determinado alimento. O problema é mais comum do que a alergia e pode ter diversos sinais.

Entre os mais comuns estão flatulência, cólicas, inchaço, dor no estômago e diarreia.

 

 

Da Redação PortalP1

*Com informações da Uol, e pesquisa na Internet