Adelino acompanha ações na Balsa no rio Jamari, ponte do Massangana e outras atividades do DER

Publicada em


Parlamentar fiscaliza in loco, cobra as autoridades e acompanha os processos…

 

Na sexta-feira (09) o deputado Adelino Follador (DEM) esteve no rio Jamari, na RO-459, em Alto Paraíso, acompanhando os trabalhos da construção das cabeceiras para embarque e desembarque na Balsa, que está praticamente pronto, e segundo informação do encarregado do DER, só estava faltando colocar algumas caçambas de cascalho, que seria resolvido ainda na sexta e sábado, no mais, só esta dependendo de autorização de responsabilidade de algumas autoridades do Estado, para dar início a travessia de veículos.

“Entrei em contato com o diretor geral do DER, Erasmo Meireles, pedindo que providenciasse com urgência as autorizações necessárias”, disse Adelino.

Outra questão muito aguardada pelos moradores da região, e que o parlamentar tem cobrado constantemente, é a retomada da obra na ponte sobre o rio Massangana, no B-40/RO-457, e a informação passada ao deputado Adelino pelo engenheiro, Dércio Celestino, é que, “as pendências que a empresa contratada e estava com dificuldade de resolver, inclusive a aquisição de madeira adequada, já estão no local e a obra já foi reiniciada nesta sexta-feira (09)”. Disse Dércio.

“Esperamos que agora resolvam e que não tenha mais paralização e seja concluída o quanto antes”. Falou Follador.

Outra informação importante é que na próxima segunda-feira (12) começa os trabalhos de tapa-buracos na RO-257, que está praticamente intransitável nos primeiros 35 Km que liga a Ariquemes.

Adelino também levantou informações sobre o cronograma e as execuções de obras em todas as estradas de responsabilidade da 2ª RR/Ariquemes.

No mesmo dia, o deputado Adelino esteve na BR-364, acompanhando o trabalho do pessoal do DNIT, na obra de reconstrução do asfalto no perímetro urbano de Ariquemes, uma cobrança que o parlamentar fez junto com o vice-prefeito Lucas Follador, ao senador Marcos Rogério, para que intercedesse em Brasília.

Autor: Assessoria