Polícia Civil fiscaliza Shopping e tabacarias por indicio de comercialização de cigarros eletrônicos a menor de idade, em Vilhena, RO

Publicada em


Foto: Polícia Civil/Divulgação

 

A Polícia Civil em Vilhena cumpre dois mandados de busca e fiscaliza outras oito tabacarias da cidade, uma delas situadas no Shopping do Município, por fortes indícios de estarem comercializando cigarros eletrônicos a menores de idade.

 

A operação contou com participação, além da PCRO, do Ministério Público, Polícia Militar, Bombeiros, Vigilância Sanitária e Conselho Tutelar.



 

Além de duas tabacarias onde se cumpriu mandado de busca, outras oito foram alvos de vistoria de alvarás de funcionamento, apreensão de cigarros eletrônicos, fiscalização por parte da vigilância sanitária e conselho tutelar.

 

O cigarro eletrônico, conhecido como “vape” ou “pod”, tem a venda proibida no Brasil, porém, tem a cada dia viciado inúmeros adolescentes e até crianças nas escolas, o que é preocupante, pois tem efeito extremamente danoso à saúde dos jovens.

 

A operação foi coordenada na Polícia Civil pelo delegado regional Fábio Campos e pela Delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente de Vilhena, Dra. Solângela Ferreira.

 

Segundo a Delegada, há investigações que comprovam a venda a vários menores de idade, que levam esse produto às escolas e acarretam o alto número de usuários ainda crianças, o que tipifica crime do artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente.