Mulher é assassinada, após fim de relacionamento em Ariquemes, RO

Publicada em


Polícia investiga se ex-marido que não aceitava o fim do relacionamento é o responsável pelo feminicídio.

Vítima: Franciele Pratis de Oliveira de 33 anos

 

Uma mulher de 33 anos, foi encontrada morta dentro de casa, na rua 14, altura do número 5840, Zona Sul de Ariquemes (RO), Vale do Jamari, por volta das 14h20 desta quarta-feira, dia 19 de fevereiro.

O cunhado da vítima de 35 anos, irmão do ex-marido, é quem ligou para a Polícia Militar e contou sobre sua desconfiança. De acordo com o boletim de ocorrência, o marido da vítima Oséias Antunes Domingos, que não teve a idade informada, estaria com a vítima na noite de terça-feira, inclusive, a buscou no trabalho, como confirmou uma testemunha.

O casal estava separado e Oséias não aceitava o fim do relacionamento. Nesta terça-feira, dia 18 de fevereiro, ele teria ido até o trabalho da vítima para busca-la e foram juntos para a residência, onde a vítima foi encontrada morta pelo cunhado e policiais militares.

Uma testemunha que trabalhava junto com Franciele Pratis de Oliveira [vítima], contou que por volta das 8h00 desta quarta-feira, viu Oséias saindo com malas de dentro da residência e deixando tudo fechado.

Como Franciele não apareceu, seu cunhado, irmão de Oséias, desconfiou que ele pudesse ter cometido o assassinato e chamou a Polícia Militar para juntos, entraram na casa por uma das janelas, encontrando a vítima morta com ferimentos na cabeça sobre a cama, enrolada num cobertor.

A Polícia Técnica Cientifica foi chamada para os trabalhos periciais e liberou o corpo para a funerária de plantão. Não há informações sobre a localização do suspeito.

As autoridades não forneceram para a Redação de Jornalismo quantos feminicídios já foram praticados neste ano, mas se sabe que o número está elevado, para o primeiro trimestre, se comparado a 2019.

 

Jornal Eletrônico Portal P1