Momento Nossa História: Maria de Lourdes da Silva em Jaru, RO

Publicada em


Frente da escola Maria de Lourdes em registro feito no dia 14 de dezembro de 2006

 

Maria de Lourdes da Silva, brasileira, nascida na cidade de Bentevi (Pernambuco), em 06 de abril de 1941. De origem humilde, Maria de Lourdes foi para São Paulo com os pais morar na cidade de Presidente Prudente. Aos dezoito anos casou-se e foi morar em Goierê, Estado do Paraná. Teve quatro filhos, a procura de melhoria de vida, mudou-se com a jovem família para o promissor Estado de Rondônia, indo morar em uma chácara, localizada à Avenida Nova Brasilândia, em Ji-Paraná por dois anos.

Mara de Lourdes trabalhou na zona rural e mudou-se para Jaru. Já começou a trabalhar como merendeira na Escola Estadual Plácido de Castro, quando a mesma funcionou no espaço onde hoje existe a Escola Olga Dellaia. Neste local ela desempenhou as suas atividades laborais por dez anos.

Naquela época havia muita dificuldade, pois Maria de Lourdes tinha cinco filhos sob sua responsabilidade. O esposo foi trabalhar na zona rural enquanto ela permaneceu em sua função de merendeira na parte urbana do município. Já doente, com problemas de hipertensão e coração, as dificuldades eram tamanhas. Ela era uma pessoa alegre, batalhadora, honesta, corajosa e simples. Exerceu a função de merendeira com amor. Fazia da culinária sua porção de amor pela vida preparando comidas para festas e eventos na cidade. Foi uma mãe exemplar transmitindo paz e alegria por onde passava. Tinha o sonho de ver os filhos formados uma vez que almejava melhores dias para todos. Maria de Lourdes faleceu em 22 de setembro de 1992 e foi homenageada com seu nome em uma das escolas da rede municipal de ensino por seu trabalho, força e coragem.

Maria de Lourdes foi funcionária pública e desenvolveu um bom trabalho por onde passou

 

A Escola Maria de Lourdes

A escola Maria de Lourdes da Silva inicialmente recebeu o nome de Escola Municipal “Sandoval de Araújo Dantas”, em 1993, em homenagem ao primeiro administrador do distrito de Jaru. Teve seu nome alterado em 1994, para Escola Municipal de 1º Grau Maria de Lourdes da Silva. E, no ano de 1999, passou a ser designada como Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria de Lourdes da Silva.

O estabelecimento de ensino está localizado à Rua Raimundo Barreto nº 863, Bairro Jardim Esperança (Setor 07), em Jaru. A escola foi criada através do decreto 1.315/GP/94, de 21 de março de 1994 para atender crianças residentes nas proximidades da mesma. A instituição funciona nos horários matutino e vespertino.

Prédio da escola Maria de Lourdes em registro feito no dia 02 de fevereiro de 2020

 

Em 2020 a escola Maria de Lourdes é a única unidade escolar do bairro a oferecer o ensino fundamental I (1º ao 5º ano) à comunidade escolar. A instituição apresenta uma boa estrutura com salas de aula climatizadas, dependências administrativas, um auditório que atende à demanda esperada, entre outras instalações. Todos os materiais necessários para o pleno funcionamento da escola são custeados pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Semecel) e pelo governo federal, por meio de ações oriundas do Ministério da Educação.

Na próxima segunda-feira (30), a Série “Momento Nossa História” fará uma abordagem especial sobre a trajetória da professora Maria do Socorro Lopes Soares, profissional jaruense que denomina uma escola municipal inaugurada no dia 06 de fevereiro de 2020.

O contato com o autor para conhecer as suas produções literárias pode ser feito de duas formas. Pelo WhatsApp no link https://umzap.com/ELIASGONCALVES, pelo telefone (69) 9 9241-8033 ou através do Facebook, por meio do seguinte endereço eletrônico: https://www.facebook.com/eliasgpjaru.

O escritor Elias Gonçalves durante sessão de autográfos em cerimônia realizada na ACIJ

 

Nota da Redação: Este material faz parte do conteúdo historiográfico contido no livro “Vivendo Nossa História”, cuja propriedade intelectual pertence ao escritor jaruense Elias Gonçalves Pereira e está sendo publicado em sites de Jaru no formato de reportagem de forma atualizada no ano de 2020 com a expressa autorização do autor. Todos os Direitos Reservados. Copyright © Elias Gonçalves Pereira.

As publicações da Série Momento Nossa História estão sendo feitas na seguinte ordem:

  1. Abrão Rocha: 02/03 (segunda-feira)
  2. Aldemir Cantanhêde: 03/03 (terça-feira)
  3. Apae: 04/03 (quarta-feira)
  4. Beatriz Mireya: 05/03 (quinta-feira)
  5. Capitão Silvio: 06/03 (sexta-feira)
  6. Ceeja: 09/03 (segunda-feira)
  7. Centro Educacional de Bom Jesus: 10/03 (terça-feira)
  8. Dayse Mara: 11/03 (quarta-feira)
  9. Elza Maria Fabris: 12/03 (quinta-feira)
  10. Escola D’Jaru-Uaru: 13/03 (sexta-feira)
  11. Gabriel Balmant: 16/03 (segunda-feira)
  12. Governador Jorge Teixeira: 17/03 (terça-feira)
  13. Jean Carlos Muniz: 18/03 (quarta-feira)
  14. José de Souza: 19/03 (quinta-feira)
  15. Josué Montello: 20/03 (sexta-feira)
  16. Juscelino Kubitscheck: 23/03 (segunda-feira)
  17. Marechal Cordeiro de Farias: 24/03 (terça-feira)
  18. Marechal Costa e Silva: 25/03 (quarta-feira)
  19. Maria da Conceição: 26/03 (quinta-feira)
  20. Maria de Lourdes da Silva: 27/03 (sexta-feira)
  21. Maria do Socorro: 30/03 (segunda-feira)
  22. Maria Gomes: 31/03 (terça-feira)
  23. Menézio de Victo: 01/04 (quarta-feira)
  24. Nilton Araújo: 02/04 (quinta-feira)
  25. Olga Dellaia: 03/04 (sexta-feira)
  26. Pato Donald: 06/04 (segunda-feira)
  27. Pedro Vieira de Melo: 07/04 (terça-feira)
  28. Plácido de Castro: 08/04 (quarta-feira)
  29. Raimundo Cantanhêde: 09/04 (quinta-feira)
  30. Tânia Barreto: 10/04 (sexta-feira)
  31. Zenir Carvalho: 13/04 (segunda-feira)

 

Por:Elias Gonçalves