Jaru volta a ser castigada por chuva que durou cerca de dez minutos

Publicada em


A chuva do inicio da tarde desta terça-feira, voltou a provocar estragos em diversos pontos da cidade.

Jaru volta a ser castigada por chuva que durou cerca de dez minutos
(Foto: WatsApp)

Um forte temporal, com ventos impetuosos, que segundo algumas autoridades, tiveram velocidade acima de 70 km, atingiu o município de Jaru, distante 300 km da capital Porto Velho, no inicio da tarde desta terça-feira (18), deixando um rastro de semi-destruição e provocando muitos prejuízos.

No dia 2 de setembro, um domingo, um forte temporal arrasou diversos comércios ao longo das Avenidas Dom Pedro I, Rio Branco e Padre Adolpho Rohl, sem contar as inúmeras residências, que tiveram telhados avariados e perdas de objetos como, móveis e eletrodomésticos.

Não diferente daquele temporal, este da terça-feira (18), arrancou arvores, as derrubou sobre automóveis, produziu vários prejuízos e deixou muita gente assustada em todo o município.

Como naquele temporal de 2 de setembro, (Clique Aqui e Relembre) há registros de prejuízos na zona rural, há informações de que esta ventania, também provocou muitos estragos.

“Os colégios Plácido de Castro e Capitão Silvio Gonçalves de Farias, sofreram muito com o temporal. Telhados de ambas as instituições foram afetadas e provavelmente, não haverá aulas nesta quarta-feira”.

Arvores caíram sobre veículos, a loja Gazin teve máquinas de lavar e equipamentos de ares-condicionados, levados pelo vento. Os eletrodomésticos ficaram no meio da rua.

Uma garagem caiu sobre um veiculo e de acordo com os bombeiros, muitos chamados foram registrados durante os cerca de 10 minutos em que o temporal durou.

Ainda estão sendo feitos levantamentos. A nossa equipe de reportagem esta nas ruas, órgãos públicos e instituições de segurança, assistência e socorro de Jaru, a fim de trazer números da semi-tragédia.

 

 

 

Da Redação Portal P1/Nelson Salim Salles