Índices elevados de tentativa e suicídios no Vale do Rio Jaru; são mais de vinte e quatro ocorrências em apenas oito meses.

Publicada em


A grande região é composta por Theobroma, Jorge Teixeira, Vale do Anari, Jaru e vários distritos no entorno.

Imagem/Internet

 

Ao menos vinte e quatro registros que englobam, “tentativa” e “suicídio consumado”, foram registrados na região conhecida como, Vale do Rio Jaru (RO), há 290 Km de Porto Velho, de 1º de janeiro até o final da primeira quinzena do mês de agosto, de 2019.

 

Os índices alarmantes para a região, tem chamado a atenção dos leitores de notícias, especialmente das plataformas digitais. Os números dão conta de que a idade das pessoas que tentaram e as que consumaram, varia muito, sem que haja parâmetro.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu a meta de reduzir em 10% os casos de mortes por suicídio até 2020. Esta informação é de 2018.

 

No Brasil, os números são preocupantes: de 2007 a 2016, 106.374 pessoas morreram em decorrência do suicídio — em 2016, a taxa foi de 5,8 por 100 mil habitantes.

 

De acordo com a publicação do Ministério da Saúde, a intoxicação é responsável por 18% das mortes, enquanto o enforcamento apresenta um índice de 60% dos óbitos.

Do total de ocorrências, 70% das tentativas de suicídio por intoxicação aconteceram com mulheres.

 

Na região do Vale do Rio Jaru, são mais de 24 ocorrências de suicídio e tentativa, de Janeiro até Agosto de 2019 pelo que levantou o Jornal Eletrônico PortalP1, são mais de três suicídio/tentativa por mês, um numero preocupante.

 

Os casos mais recentes, de suicídio e tentativa, envolvem duas mulheres de Jorge Teixeira (RO), Vale do Jamari, distante em torno de 330 Km de Porto Velho e 40 Km de Jaru. No primeiro caso, uma senhora de 70 anos teria se enforcado no ultimo dia 23 de agosto. O segundo caso, uma mulher de idade não informada, teria tentado suicídio ingerindo comprimidos de um medicamento controlado.

 

Jornal Eletrônico PortalP1