Grupo arrecada dinheiro para ajudar vítimas de acidente com serra elétrica em Primavera de Rondônia

Publicada em


Criança de um ano e três meses sofreu corte na face e perdeu um dos olhos.
Pai perdeu um polegar e sofreu mutilações nas mãos ao socorrer.

Rosto de Larissa Braga de 1 anos e 03 meses – O Jornal Eletrônico PortalP1, pede desculpas pelas imagens forte, porém, se faz necessário em virtude de comover as pessoas em ajudar.

 

O acidente que vitimou pai e filha, da região de Primavera de Rondônia (RO) Zona da Mata, ocorrido em dezembro de 2019, deixou sequelas irreversíveis, infelizmente.

Conforme informações, uma criança de um ano e três meses, teria pegado uma serra elétrica e num vacilo do pai, que estava realizando trabalhos momentos antes, ligado o equipamento e sofrido um corte que atingiu o olho esquerdo e toda a face da menina, de um lado até o outro.

Ao ouvir o barulho da serra ligada e os gritos da menina, o pai correu para socorrer e acabou perdendo um dos polegares e mutilando as duas mãos. Os ferimentos em ambos foram gravíssimos!

Fábio Bruno, pai de Larissa Braga disse ao Jornal Eletrônico Portal P1 que vários amigos estão promovendo campanhas para arrecadar dinheiro a fim de custear o tratamento de ambos.

“Nossa família não tem mais da onde tirar recursos para pagar os medicamentos”, disse Fábio.

Em Theobroma (RO) município do Vale do Jamari, um grupo de pessoas arrecadou em torno de R$ 17 mil, num ultimo evento realizado.

“Graças a Deus o povo se solidarizou com a situação vivida pela família que por pouco não se tornou uma tragédia. Vamos continuar chamando, conclamando a sociedade para contribuir” contou um dos organizadores.

Quem quiser contribuir, pode depositar qualquer quantia nas seguintes contas:

Na Caixa Econômica Federal a conta é:
AGÊNCIA: 1823
CONTA POUPANÇA: 00043621-5; OP: 013, em nome de DORALICE FERNANDA .B. SILVA.

Já quem queira contribuir pelo Banco do Brasil, a conta é:
AGÊNCIA: 1179-7
CONTA CORRENTE: 43.036-X- em nome de DORALICE SILVA.

Mais informações pelo telefone: 69 99262-2738

A mão do Pai Fábio Bruno