Foragido da justiça morre em confronto com a polícia na BR-364 entre Jaru e Ouro Preto do Oeste, RO

Publicada em


Ele é o principal suspeito de um assassinato que aconteceu em abril e já teria participado de 2 latrocínios, segundo a polícia.

Foto: A nossa redação não conseguiu identificar o detentor dos direitos autorais desta foto, caso seja, entre em contato com nossa redação através de nosso email ou whatsapp, para que possamos remover.

 

Um homem de 38 anos, foragido da justiça, morreu nesta quarta-feira (22) pela manhã na rodovia BR-364 entre o municipio de Jaru e Ouro Preto do Oeste, interior de Rondônia. Ele reagiu a uma abordagem da polícia com uma pistola automática e acabou baleado.

Valdinei Rodrigues da Cruz seguia de moto na estrada quando foi alvo de perseguição de uma equipe especializada da polícia. Quando recebeu ordem de parada, ele virou o veículo para um canto da pista, desceu da moto e deitou em uma moita. Depois disso, segundo os agentes, ele sacou uma pistola automática e disparou contra a viatura. Foi então que começou um tiroteio, e Valdinei foi atingido.

O homem foi socorrido ao Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braba, em Ouro Preto do Oeste, onde, segundo os investigadores, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Em seguida, o corpo foi liberado aos familiares.

Valdinei já tinha mandados de prisão por roubo e latrocínio, e nos últimos dias estava sendo investigado por um outro latrocínio. Além disso, o foragido era acusado de ter praticado assaltos e era o mais apontado em uma investigação da polícia que tenta descobrir a autoria de um homicídio que aconteceu em abril e levou a vida de Guilherme Oliveira, de 21 anos, que era filho de um policial.

 

Jornal Eletrônico PortalP1