Duas ocorrências são registradas no Hospital Municipal de Jaru nesta quinta envolvendo a mesma mulher

Publicada em


A primeira foi por desacato. Já a segunda, registrada pela tarde, foi por omissão de socorro, ambas envolvendo uma paciente.

Foto:Portalp1

 

Uma mulher moradora da Avenida Florianópolis, Setor VII, em Jaru (RO), está diretamente envolvida, no registro de duas ocorrências, sendo uma por “desacato” e a outra por “omissão de socorro”, a favor e depois contra o Hospital Municipal de Jaru, sendo uma ocorrência registrada pela manhã e outra pela tarde, fato ocorrido no final do mês de setembro deste ano.

Ocorre que a mulher identificada pelas iniciais A. R., de idade não informada, esteve pela manhã na unidade de saúde, buscando por atendimento médico, por causa de fortes dores no peito. De acordo com seu depoimento as autoridades, houve demora exacerbada no atendimento e, por isso, ela teria se queixado com uma das enfermeiras, que explicou que havia somente um médico para atender todos os pacientes que chegavam.

A enfermeira que chamou a Guarnição da Polícia Militar, já disse em seu depoimento que dona A. R., teria invadido certo departamento do Hospital, gritado e as acusado de omissão de socorro, afirmando que era contribuinte e que paga o salário dos funcionários no local.

A.R. foi atendida pelo médico plantonista e orientada a retornar se voltasse a sentir as dores, o que posteriormente, por volta das 16h00, aconteceu e ela imediatamente retornou ao Hospital, donde novamente teria encontrado certa dificuldade no atendimento e por isso, voltou a chamar a Polícia Militar e aproveitou para registrar uma ocorrência de omissão de socorro.

De acordo com o que foi apurado, na tarde continuava apenas um médico atendendo no Hospital, por isso, houve demora.

 

 

 

Nelson Salim Salles/PortalP1