Boatos sobre paciente com coronavírus espalham medo em redes sociais, em Presidente Médici

Publicada em


Moradores ficaram apavorados com áudios compartilhados em vários grupos. Hospital divulgou resposta através do whatsapp, negando.

Hospital Municipal de Presidente Medici.
Foto: Nelson Salim Salles

O medo tomou conta de parte da população que tem acesso ao aplicativo do whatsapp, em Presidente Médici (RO), Região Central do Estado, nesta segunda-feira, dia 23 de março.

Boatos irresponsáveis sobre um ‘suposto paciente com suspeita de contaminação pelo coronavírus’, e que ao ser informado de que deveria permanecer ‘isolado’, teria fugido do hospital, inclusive tendo a Polícia Militar a responsabilidade de captura-lo, circulou e se espalhou rapidamente, provocando pânico nalgumas pessoas.

Acompanhe o áudio na integra, clicando abaixo:

A pessoa que está falando não foi identificada, ainda. (O áudio foi acelerado, para segurança da pessoa que está falando).

Segundo informações da pessoa, ela também teria recebido a informação de outra pessoa, o que é na verdade ‘desinformação’, que não contribui em nada, mas o contrário, na verdade só atrapalha e provoca pânico nas pessoas, que não tiveram acesso aos meios de comunicação sérios da região e a mídia oficial da atual administração, que não divulgaram qualquer informação próxima, do que ela reproduz no áudio.

Assim que o áudio chegou ao conhecimento e em poder da Redação do Jornal Eletrônico Portal P1, foi encaminhando para o Secretário de Governo da Prefeitura de Presidente Médici, Wilson Guedes que rapidamente providenciou a fala de uma das enfermeiras do plantão, no hospital municipal da cidade, desmentindo a afirmação que já havia sido compartilhada por centenas de pessoas, infelizmente.

Acompanhe a fala da profissional de saúde, desmentindo o que seria fato. Clique Abaixo para Ouvir:

A enfermeira desmente toda e qualquer informação circulada, nas redes sociais. Ela se identifica e dá detalhes do que foram os atendimentos durante o dia.

O prefeito Edilson Alencar (PSDB) e o Secretário de Saúde Rubi Costa, não foram encontrados para falar sobre o assunto. Tanto Edílson, quanto Rubi Costa, passaram o dia desenvolvendo ações de conscientização e que contribuam no cumprimento do decreto 028/2020 de 23 de março de 2020, que Decreta Estado de Calamidade Pública no âmbito do Município de Presidente Médici (RO), para fins de prevenção e enfrentamento à pandemia causada pelo novo Coronavírus – COVID-19.

Hall de entrada da prefeitura de Presidente Médici.
Foto: Da Assessoria

 

Jornal Eletrônico Portal P1