ALGUNS USUÁRIOS DO TRÂNSITO DE JARU, AINDA NÃO SE ADAPTARAM ÀS ROTATÓRIAS. CONFUSÃO GERAL!

Publicada em


 

A instalação das rotatórias no município de Jaru, tem como objetivo principal organizar o trânsito nas esquinas onde existe grande fluxo de veículos. Nem precisa ser um engenheiro da área para ver que isso ainda não deu certo. Prova disso é que alguns usuários continuam parando nas preferenciais, entrando nas rotatórias no momento errado e até passando por cima das mesmas, danificando-as.

Miro Silva, mototaxista, trabalha o dia todo no trânsito e reconhece a dificuldade que a maioria das pessoas tem para lidar com as rotatórias.

Miro Silva – Foto:Rick Silva/PortalP1

“É uma confusão geral. Ainda que eu saiba usar uma rotatória de maneira correta, a falta de conhecimento e indecisão do outro, acaba me causando insegurança. Acho que as rotatórias ajudam a organizar o trânsito, mas, acho também que os órgãos competentes deveriam praticar ações educativas, afinal, isso é novidade em nossa cidade”.

 

M.R.S., 44 anos, que preferiu não se identificar, é funcionária pública e motociclista. Ela não nega que no começo ficou bastante insegura.

“Fiquei preocupada com a instalação das rotatórias, pois, não sabia exatamente com usá-las. Então, fiz pesquisa na internet e conversei com várias pessoas sobre o assunto. Concordo que é preciso haver ações educativas, mas não custa nada cada um fazer a sua parte”.

O Jornal Eletrônico Portal P1 esteve no GEMTRAN (Gerenciamento Municipal de Trânsito), conversando com Neir Antônio de Carvalho, que é responsável pelo órgão. Ele lembrou dos números absurdos de acidentes ocorridos no trânsito, inclusive com mortes. Disse que a Prefeitura está trabalhando para melhorar a qualidade do trânsito da cidade, e reconhece que muito há para se fazer neste sentido. Sobre as rotatórias, ele declarou:

“Por ser uma novidade para o município, é natural que haja uma certa insegurança por parte do usuário. No momento da instalação das rotatórias, fizemos divulgação e orientação sobre as mesmas, nas rádios e mídias sociais. Para o início do próximo ano, vamos realizar ações educativas sobre o uso correto das rotatórias e melhorar a sinalização de modo geral. Em regra, vale a pena frisar que, onde existe rotatória, a preferência é de quem já está girando em volta da mesma”.

Neir de Carvalho – Foto: Rick Silva/PortalP1

 

Neir de Carvalho ressaltou que ainda não chegou ao conhecimento do GEMTRAN, qualquer sinistro envolvendo as rotatórias. Finalizou citando o artigo 144 da nossa Constituição:

“A Segurança Pública, inclusive viária, é dever do Estado e direito e responsabilidade de todos”.

 

Jornal Eletrônico PortalP1 – Rick Silva