Adelino Follador teve participação efetiva para a nova pauta de bovinos da Sefin, RO

Publicada em


Foram várias reuniões com representantes do governo e produtores para definir a pauta fiscal

Sempre discutindo os valores da pauta fiscal vigente e o aumento das condições de concorrência na compra de bovinos em Rondônia, o deputado Adelino Follador (DEM) participou de forma efetiva das reuniões em que buscaram a melhor forma de atender os interesses dos produtores e do Estado.

Como representante do Legislativo Estadual, Adelino Follador, esteve nas reuniões do setor produtivo com secretário e coordenador da Sefin, no gabinete da Sefin, na sede da Faperon e no Centrer em Ouro Preto do Oeste, além de diversas reuniões paralelas, onde contribuiu nos avanços para o acordo, contando com a receptividade da equipe técnica do Governo/Sefin.

“Esta é uma conquista importante para a manutenção da viabilidade do setor, porém, devemos continuar juntos, buscando a melhoria e avanços possíveis para o aumento da produtividade, sempre atentos para que possamos evitar situações semelhantes no futuro”, disse Follador.

Os dois primeiros meses de 2020 foram marcados pela atenção dos produtores rurais e pecuarista nas margens do preço da arroba do boi gordo e também dos estoques elevados do rebanho. O estado de Rondônia tem sido referência na comparação com os preços de MT, GO e SP, de maneira que para os produtores locais receberem preço justo, esta diferença não deve ser superior a 15% para dar uma margem de sustentabilidade ao negócio do gado.

A preocupação do parlamentar e que o ano de 2019 fechou com uma diferença a menor, em quase 20 %, e o sinal de alerta foi dado. O deputado Adelino Follador, sempre atento à economia rural promoveu as articulações junto ao setor produtivo e ao governo estadual onde reuniões de alinhamento, especialmente com a baixa da pauta do boi foram discutidas. E a partir do dia 1º de março de 2020 entrou em vigor a nova pauta da Sefin, trazendo um alívio para os pecuaristas.

Com a medida, existe a expectativa de venda de animais vivos para outras plantas fora de Rondônia, gerando um espaço adicional de vazão dos atuais estoques de bovinos.

De acordo o parlamentar, que é presidente da Comissão de Constituição, Redação e Justiça (CCRJ) da Assembleia Legislativa (ALE), e membro ativo da Comissão de Agropecuária, o Governo de Rondônia e os pecuaristas por meio das associações, sindicatos e entidades do setor produtivo rural foram muito importantes para o alcance deste objetivo.

A nova pauta de bovinos da SEFIN, apresenta muitos avanços técnicos possíveis, pensado no equilíbrio da promoção da concorrência, da competitividade na comercialização de bovinos jovens, animais acabados e também no atendimento da matéria prima para a indústria de processamento de carne.

 

 

Texto e Fotos: Assessoria