Adelino Follador cobra serviços presenciais do Governo, para cidadão que não tem acesso à internet

Publicada em


Deputado disse que nem todos têm acesso aos serviços on line

O deputado Adelino Follador (DEM), cobrou, durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (16), que seja oferecido serviço presencial do Detran, Idaron e Emater, para poder atender ao cidadão, especialmente às pessoas simples, que residem na zona rural, que não possuem acesso à internet, e muitos até têm acesso, mas não conseguem fazer os serviços que precisam.

“É importante que serviços sejam oferecidos pela internet, mas não se pode deixar de oferecer os serviços de forma presencial, pois muita gente ainda não tem acesso à internet”, observou.

Ele também lamentou que muitos que procuram órgãos públicos, acabam sendo maltratados. “O cidadão busca os órgãos, não é atendido, e ainda sofre por ficar sendo ignorado. Isso é inaceitável e precisa ser revisto pelo Governo de imediato”.

Cujubim

Adelino Follador também lamentou a atuação do Ibama, em operações em Cujubim e agora em Buritis. “Colocando um terror. Não acoberto nada errado, mas quem está trabalhando dentro da legalidade, não pode ser colocado no mesmo balaio. Quem estiver errado, que responda pelos seus atos. Mas, quem está legal, não pode ser tratado como bandido”.

Covid-19

Follador reclamou da demora no resultados dos exames para a covid-19. “Tem gente que morreu e o resultado do exame ainda não saiu. Isso precisa ser acelerado. Não pode demorar tanto, ficar tanto tempo aguardando”, completou.

 

 

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-ALE/RO